O espaço da História

Anexo II- Cronologia das Guerras da Revolução Francesa

Breves

cronicas3   

Pode adquirir o livro
"Crónica da regência e do reinado de D. João I",
nas seguintes lojas online:
   bertrand2wook2
    almedina2
   

siteantigo

Anexo II- Cronologia das Guerras da Revolução Francesa - Introdução

A Cronologia das Guerras da Revolução Francesa é muito longa.

É longa por duas razões. Em primeiro lugar, porque abarca os acontecimentos militares de um período de dez anos, de 1792 a 1801, os anos em que começaram e terminaram as hostilidades, embora fosse necessário esperar por 1802 para que a paz fosse formalmente estabelecida entre a França e o Reino Unido. Em segundo lugar, porque envolve um elevado número de ações militares (combates, batalhas, cercos) em vários teatros de operações (Bélgica, Holanda, Alemanha, Áustria, Itália, Espanha, Dinamarca, Egito, Síria Otomana e ainda Portugal se considerarmos a Guerra das Laranjas como parte deste conjunto).

Todas estas ações militares - terrestres e navais – e diplomáticas inserem-se em dois grandes conflitos, a Guerra da Primeira Coligação e a Guerra da Segunda Coligação, mas também uma guerra civil em que não faltou a participação das forças da Primeira Coligação e uma Campanha do Egito que acabou por se estender à Síria Otomana. Cada entrada da cronologia para uma ação militar menciona a guerra e/ou campanha em que a mesma se insere. As ações militares que não se enquadram nestas guerras ou campanhas estão referenciadas como parte das Guerras da Revolução Francesa.

Porque a cronologia é longa, pensamos que é mais fácil de consultar se estiver dividida em partes, neste caso em anos. Existe, assim, uma página para cada ano.

Para visualizar de forma gráfica uma cronologia mais resumida pode seguir a ligação em "As Guerras da Revolução Francesa".