O espaço da História

Primeira Guerra Mundial

Breves

cronicas3   

Pode adquirir o livro
"Crónica da regência e do reinado de D. João I",
nas seguintes lojas online:
   bertrand2wook2
    almedina2
   

A Primeira Guerra Mundial em África

A Primeira Guerra Mundial em frica.pdfDownload A Primeira Guerra Mundial em Africa - PDF

A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL EM ÁFRICA

A Primeira Guerra Mundial foi desencadeada por um conflito entre a Áustria-Hungria e a Sérvia, iniciado a 28 de julho de 1914, que, aparentemente, podia ter permanecido no âmbito regional. A mobilização na Rússia, em apoio da Sérvia, desencadeou a mobilização na Alemanha e na França. Estes processos de mobilização foram efetuados de acordo com os planos existentes em cada potência e a Alemanha pôs em prática o Plano Schlieffen que previa que as forças alemãs atravessassem o território belga, uma potência neutral, para invadirem a França. A Alemanha, herdeira dos acordos internacionais firmados pela Prússia, era, juntamente com o Reino Unido e outras potências, garante da neutralidade belga de acordo com o artigo 7° do Tratado de Londres de 8 de junho de 1839. A invasão da Bélgica foi decisiva para o Reino Unido entrar na guerra. O conflito deixou de ser um mero confronto regional entre a Áustria-Hungria e a Sérvia para ganhar uma dimensão europeia. Mas também passou a ser um conflito entre impérios. A Alemanha, a França, o Reino Unido e a Bélgica tinham impérios ultramarinos. Portugal, que não entrou imediatamente na guerra, também tinha o seu império e tinha de acautelar a sua defesa. No Portugal republicano há quase quatro anos, economicamente débil e politicamente instável, existia pelo menos um ponto de convergência para a generalidade dos partidos: a manutenção do império.

Ler mais: A Primeira Guerra Mundial em África