O espaço da História

Breves

cronicas3   

Pode adquirir o livro
"Crónica da regência e do reinado de D. João I",
nas seguintes lojas online:
   bertrand2wook2
    almedina2
   

siteantigo

Bem-vindos ao nosso sítio de História!

Evolução dos Exércitos na Guerra Peninsular

figura 5Durante a Guerra Peninsular (1808-1814), as forças militares espanholas, portuguesas e britânicas enfrentaram os experimentados exércitos franceses. O processo foi dominado pelo comandante britânico (desde 1809) do corpo expedicionário enviado à Península Ibérica, Sir Arthur Wellesley, que imprimiu um carácter muito próprio às forças sob o seu comando. Por outro lado, em Portugal, William Carr Beresford reorganizou o Exército Português cujas unidades operacionais foram sendo integradas na força expedicionária britânica, com resultados notáveis, formando o chamado Exército de Wellington.

Este texto pretende transmitir, de uma forma muito sumária e simplificada, a forma como estas forças estavam organizadas e como evoluíram ao longo desta campanha, dando especial destaque ao Exército de Wellington já que se tratou de um caso extraordinário de “interoperabilidade”, expressão que adiante será explicada. No decorrer da Guerra Peninsular, os militares portugueses, devidamente organizados, equipados e abastecidos, mostraram estar à altura dos melhores. A forma como o Exército Português evoluiu neste período difícil deve, por isso, ser cuidadosamente analisada. 


Crónica de D. João I

cronicas3

O velho rascunho para uma edição adaptada ao português moderno da Crónica de D. João I, de Fernão Lopes, foi substituído, até ao capítulo intitulado «Dos lugares que tomaram voz por Castela em todas as comarcas do reino» (cap. LXVIII na antiga edição da Livraria Civilização - Editora), pela actual versão publicada pelas Edições Húmus (que vai até ao cap. CVIII daquela edição da Civilização). Em 2016 conto substituir o restante deste meu velho rascunho pela sua versão actualizada.
almedina2bertrand2wook2

Jorge Almeida

Pedido de exemplares autografados a Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Os Portugueses na Grande Guerra: História e Memória

13 a 14 de maio 2016

torres2

Nos dias 13 e 14 de maio realizar-se-á no Auditório do Edifício Paços do Concelho de Torres Vedras a 19.ª edição do Encontro de HistóriaTurres Veteras, subordinado este ano ao tema “Os Portugueses na Grande Guerra: História e Memória”.

Turres Veteras é uma iniciativa organizada pelo Município de Torres Vedras, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Liga dos Combatentes - Núcleo de Torres Vedras, assumindo-se como o melhor encontro de História organizado anualmente em Portugal, no qual se aborda um tema pertinente, não apenas para o estudo da identidade e da memória do Concelho de Torres Vedras e da região Oeste, mas também para a própria História de Portugal.

Este encontro tem, também, como objetivos fundamentais o fomento do estudo e da investigação relativos à História local e regional, assim como a partilha de experiência e de resultados obtidos na área da História da Cultura e Mentalidades, desde o período pré-clássico até ao presente.

Mais informações 


História Militar

Esta secção está a ser iniciada pelo que contém ainda poucos textos. O seu objectivo é desenvolver temas de História Militar que possam interessar a qualquer tipo de leitor. Actualmente, estão a ser publicados os primeiros textos dedicados ao tema “As Guerras da Revolução Francesa”. O autor dos textos pretende, mais tarde, iniciar a publicação de trabalhos sobre as Guerras Napoleónicas e sobre a Primeira Guerra Mundial. Eventualmente, outros autores e outros temas poderão surgir nesta secção de “O Espaço da História”.

O autor dos textos sobre As Guerras da Revolução Francesa é o Coronel de Infantaria na Reforma Manuel Francisco Veiga Gouveia Mourão. Foi professor de História Militar na Escola de Sargentos do Exército entre 1990 e 1995. Terminou o seu tempo de serviço activo na Direcção de História e Cultura Militares. Tem publicado textos sobre os temas acima apresentados em blogues, na Wikipédia e colaborou na obra Sabugal e as Invasões Francesas, editada pela editora Orfeu (www.orfeu.net), juntamente com Joaquim Tenreira Martins e Paulo Leitão Baptista. Este é o seu mais recente projecto.

O autor dos textos aceita e agradece que qualquer observação que o leitor entenda necessária e pretenda comunicar, a faça para o endereço electrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. Todas as sugestões e reparos serão bem recebidos e poderão servir para melhorar este trabalho.